Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

galeria de eventos
video reportagens
Outros Negócios
Máquinas para blocos
PRICE_NEGOTIABLE
Outros Negócios
Máquinas para blocos
PRICE_NEGOTIABLE
Negócios
Máquinas para blocos
PRICE_NEGOTIABLE

Ministro da Defesa na capital do Gabão

Ministro da Defesa na capital do GaboO ministro da Defesa Nacional, Salviano Sequeira, participa desde ontem, em Libreville, capital do Gabão, na reunião de ministros do Conselho de Paz e Segurança da África Central.
 
A reunião, que encerra hoje, foi antecedida da sessão da comissão de defesa e segurança da África Central, que contou ainda com a participação dos chefes de Estado-Maior das Forças Armadas, refere o Ministério da Defesa Nacional em comunicado. A delegação angolana é integrada pelo secretário de Estado do Ministério das Relações Exteriores, Tete António, e pelo director para África, Médio Oriente e Organizações Regionais,  Joaquim do Espírito Santo, e por oficiais-generais e altos funcionários do Ministério da Defesa Nacional.
A Comunidade Económica dos Estados da África Central (CEEAC) é uma organização criada em Libreville, Gabão, em Dezembro de 1981. Entretanto, a CEEAC apenas se tornou operacional em 1985. Os seus objectivos são promover a cooperação e o desenvolvimento auto-sustentável, com particular ênfase na estabilidade económica e melhoria da qualidade de vida da população. 
Os onze países membros da CEEAC são Angola, Burundi, Camarões, República Centro-Africana, Chade, Congo, Guiné Equatorial, Gabão, São Tomé e Príncipe, República Democrática do Congo. A presidência rotativa da CEEAC é detida actualmente pelo Chefe de Estado gabonês, Ali Bongo Odimba.
O Presidente do Gabão esteve no mês passado, em Luanda, para tratar com o  homólogo angolano questões relativas à integração regional. Em breves declarações à imprensa, no termo da visita de trabalho de algumas horas a Angola, Ali Bongo disse que, na qualidade de Presidente da CEEAC, tinha a obrigação de manter consultas com os seus pares. “Neste âmbito, desloquei-me a Luanda para abordar com o Presidente João Lourenço questões atinentes à nossa região”, disse, na ocasião, Ali Bongo.
 
Fonte: http://jornaldeangola.sapo.ao